Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais barriga do que olhos, para mal da nação

Terça-feira, 23.06.15

z_almoco5.jpg

São inúmeras as irracionalidades que nos impedem de sermos melhores cidadãos e profissionais, mais produtivos, mais focados em atingir objetivos e menos em executar infindáveis e obscuras tarefas. Perdido no meio de tantos absurdos que nos caracterizam há um que bate todos, que deita por terra tudo o que de bom já fizemos numa produtiva manhã de trabalho. O almoço. O almoço, entre decidir onde ir estraçalhar um pernil ou aniquilar um cozido à portuguesa, arranjar mesa à chegada, entradas e aperitivos, escolher o prato, esperar pelo prato, comer enquanto se galhofa e conversa, sobremesa, cafezinho, digestivo, vai-vem de empregados para levar, trazer, limpar, pagar a continha, ah, sim, a facturinha com o NIF, um almoço em dia de trabalho facilmente consome hora e meia, não é de espantar que chegue às duas horas nem nenhum escândalo se passar das duas horas e meia. Não há reunião pós-almoço que comece a horas e que se enfrente com metade do fulgor matinal. E a barriga cheia? E os dois copos de tinto e a imperial de entrada que entorpecem o corpo e a mente? Querem reformar e salvar o país? Devolvam-nos os feriados e tirem-nos os almoços!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 15:39


2 comentários

De Teresa a 24.06.2015 às 09:22

Um dos meus maiores choques - mais antes da crise, porque o trazer da marmita de sobrevivência "cortou" o tique em tantos - prende-se com isto.
O nada começar a horas. O haver sempre tempo para uma cavaqueira.
Quão mais produtivos, e felizes, seríamos se cortassemos essa "palha".

E é engraçado observar que nos Países onde se sai bem mais cedo, do que nós podemos, as empresas criam desde o primeiro momento (e não depois da crise) infraestruturas que permita às pessoas almoçar no local de trabalho.

Sai-se às 17 ou mais cedo mas o dia é, de facto, produtivo.

Há gente a começar a trabalhar com afinco às 17h30 e pensa que todos devem - apesar de terem entrado duas horas antes, não terem feito inúmeros breaks durante o dia, e não terem gozado as duas horas de almoço - estar também disponíveis para isso. Injusto e Improdutivo.

De bolaseletras a 25.06.2015 às 10:36

Ironicamente, Teresa, a marmita que supostamente é sinal de crise pode salvar-nos deste drama das horas perdidas ao almoço...passear nas ruas do Luxemburgo às 18h e ver que já não há ninguém a trabalhar nos grandes escritórios, enquanto por cá será a hora de arranque para as noitadas de negociatas, diz muito sobre o porquê de onde estamos...

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog