Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O barulho das luzes da fama

Quarta-feira, 06.01.16

selenagomez_2015-10-20_02-10-57.jpg

É um fenómeno cada vez mais global, viral e infernal, a proliferação indiscriminada da fama. Antes tínhamos as estrelas de cinema e da música, gente que se destacava essencialmente por inegáveis e elogiáveis talentos. Agora, qualquer jovenzinha abençoada pela mãe natureza ou aperfeiçoada pelo abençoado bisturi de um cirurgião plástico tem milhões de fans e seguidores nas redes sociais, do Instagram ao Facebook, do Twitter ao Snapchat. As mamas rijas como melões são hoje por hoje o passaporte para a imortalidade, um rabiosque arrebitado o código secreto para a idolatria saloia. No fim do dia, depois das selfies recheadas de brilho e esvaziadas de conteúdo, da exposição sem filtros e sem sentido, fica nada, fica a espuma dos dias, fica uma jovem sem amigos reais, que vive apenas nos ecrãs dos smartphones e dos tablets de adolescentes onanistas e borbulhentos. Os tempos estão perigosos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:30


3 comentários

De Teresa a 06.01.2016 às 09:57

Perigoso e tão cruel, porque o que se dá a essas moças e moços (que os há) nunca poderá pagar o que se lhes nega.
Muitíssimo perigoso! E tão tão triste...

De bolaseletras a 08.01.2016 às 09:21

Sinais dos tempos, Teresa, tristes sinais dos tempos...

De Anónimo a 25.09.2018 às 18:42

Com a quantidade de fotos de mulheres bonitas que aqui vai no seu Blog, questiono que talentos lhes vê sem ser o óbvio na exacta medida do seu texto?
Pura retórica contudo pois que não me queixo de tão bom gosto que partilho.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

pesquisar

Pesquisar no Blog