Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sobre o mau uso da força

Domingo, 20.12.15

  

religião.jpg

Fotografia de Olivier Fitoussi, retratando um protesto em massa de judeus ultra-ortodoxos contra a violação do Sabbath na cidade de Jerusalém

 

Já aqui falei de um amigo de inteligência bem acima da média que explica as desgraças do mundo com um singelo “a culpa é da religião”. É bem mais simples do que o afamado “a religião é o ópio do povo” e talvez mais direito à questão, pois o que está em causa não é o vício do povo pelo conforto e a dependência provocada pela religião mas sim os males que a defesa cega e intransigente dos cânones religiosos, de qualquer religião, tantas vezes provocam. Não sei se houve algum Deus, guia espiritual ou representante do divino na terra que algum dia tenha postulado que os mandamentos ou os pilares que orientam a crença dessa específica religião inevitavelmente se impõem a tudo o resto, impedindo em absoluto a convivência com outros credos, banindo a tolerância da face da terra e apelando, mesmo que nas entrelinhas de parábolas ou metáforas religiosas, ao ódio, à recusa, à destruição de quem não se revê nesses livros mágicos, nessas lendas imortais, nessas idolatradas escrituras, estórias, crenças, palavras ou tábuas sagradas. A união faz a força, a união de uma facção contra outra faz a força destruidora.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 00:36


2 comentários

De bolaseletras a 21.12.2015 às 14:24

Teresa,

Compreendo o que pretendes dizer. Para mim a religião/ões não é/são Deus. São a interpretação e o uso/abuso que os homens fazem de Deus, das ideias e dos bons mandamentos Divinos, são o resultado torcido das mentes torcidas do homem. E aí não se safa nenhuma religião, se me permites dizê-lo. Falo da religião enquanto criação humana, não divina. Com estes esclarecimento, creio que a minha posição ficará mais clara. Um feliz Natal, sem distorções humanas!;-)

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog