Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sporting 1 - Paços de Ferreira 1

Domingo, 09.11.14

 nani5.gif

 

À enésima referência que o comentadeiro futeboleiro faz a Minhoca, o meu filho de 5 anos, atento ao meu ar desesperado e ao papel de assistente do bom do Minhoca no golo do Paços de Ferreira, questiona-me, desmentindo todas as teses relativas à infantil inocência, com as seguintes palavras: “Pai, as minhocas são muito rápidas”? A minha estupefacção não é menor do que a de qualquer adepto leonino, quando não consegue, mais uma vez, explicar o que se passa com este clube e equipa. Temos o meio campo da selecção nacional, o ataque preenchido pela sensação argelina do último mundial, pela maior promessa do futebol peruano e pelo segundo melhor jogador português, temos dois bons laterais e o melhor guarda-redes português e, ainda assim, deixamos que o Paços de Ferreira passe toda a primeira parte a dominar-nos e a vulgarizar-nos. Explicações? Tantas e já tão gastas. William Carvalho que ou está desmotivado ou está cansado dos dois jogos por semana, o Presidente que ou foi demasiado duro com a equipa ou virou a arbitragem contra o clube, os centrais que são de menos ou os avançados que falham de mais, o árbitro que vê foras de jogo onde eles não existem, sobretudo quando as camisolas são verdes e não vermelhas, e mais, muitas mais, o rol explicativo é infindável. Enfim, escrevia-se um livro, com tanta justificação, embora nada justifique que todos estes problemas se eternizem e multipliquem, toda a gente os conheça e não se corte o mal pela raíz.

Quanto ao Benfica, tive muito boa gente a espicaçar-me para denunciar mais uma arbitragem vergonhosa que, mais uma vez, disfarçou um jogo menos conseguido dos vermelhuscos. Vou pelo que me dizem e leio, mas eu, farto de me enervar com vergonhas destas, logo após ter visto o guarda-redes do Nacional oferecer 2 golos ao Benfica mudei de canal. Estou eu a insinuar que o jogador madeirense facilitou a vida? Não, nada disso, mas o que é certo é que quando o Benfica joga mal tudo acontece para que os 3 pontinhos lá vão surgindo. Deve ser um misto de sorte e coincidências astrológicas, certamente. Só nos saem Duques!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:27


4 comentários

De Teresa a 10.11.2014 às 10:10

Queriam arrancar-me a pele quando falei no campeonato desinspirado que é o nosso, mas até um miúdo de 5 anos tem medo do que uma minhoca pode fazer

Tal como no cinzentismo do povo, de que falavas no princípio da semana, assim está o futebol. E não poderia ser diferente. Rasgos de brilhantismo, sorte, cor - que lhes queiras chamar ou considerar - não altera a essência. É o que é - cinza, inseguro, triste...



De Zé da Fisga a 10.11.2014 às 13:12

Bom dia. Quando o caro B&L fala em arbitragens vergonhosas refere-se ou penalti não assinalado contra o Sporting, não é? Ou pelo menos inclui-o no rol das vergonhas da arbitragem.
Deram um golo e meio jogo ao Paços, depois falham escandalosamente golos feitos de baliza aberta e não ganham.
Conclusão a tirar: Benfica beneficiado com as arbitragens.
Quando é que o mundo esverdeado se convence que só metendo-as lá dentro se ganahm os jogos?

De bolaseletras a 11.11.2014 às 09:32

Ó amigo da fisga, nem vou entrar em grandes conversas. A si só lhe digo que para o penalty do Cedric ser marcado em cada jogo do Benfica tinham que ser marcados meia dúzia de penaltys ao Jardel e ao Luisão, os reis dos bloqueios!

De bolaseletras a 11.11.2014 às 09:30

Cinzento sim, e a sensação que temos é que já não passa dali...por erros de planeamento e por tentações de protagonismo de quem deveria estar a trabalhar na sombra. Enfim, nada que não desconheçamos...

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog