Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Those were the basketball days

Sexta-feira, 04.05.12

 

 

Madrugadas infindáveis a devorar jogos da NBA. Um vício dos tempos de faculdade que me consumia horas de estudo concentrado e me fazia companhia nas horas de estudo entretido. Preceitos legais tautológicos e inevitavelmente prolixos temperados por assistências impossíveis de Larry Bird, teorias legais controvertidas debatendo-se por entre ganchos artísticos de Magic Johnson. O carisma das vedetas daquele tempo esfumou-se nos super-atletas dos dias de hoje, a ausência de personalidade de vedetas pagas a peso de ouro afastou-me definitivamente do outrora mundo mágico da NBA. Those were the days, no doubt about that.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 13:57

E esta, hein?

Quarta-feira, 18.08.10

 

Um cesto de basquetebol. Um singelo cesto de basquetebol. Há cerca de 20 anos, quando teimava em contrariar a ingrata estatura que os meus genes me legaram, havia cestos de basquetebol em tudo o que era quarteirão de Lisboa, reproduziam-se como cogumelos. Hoje, ou porque o vandalismo se lhes afeiçoou ou porque a lisboeta autarquia decidiu desviar os seus investimentos para outros meritórios fins (Noivas de Santo António? Obras de Santa Engrácia? Casas de função para filhos de assessores? Iluminações natalícias inesquecíveis?) os cestos de basquetebol são um bem escasso nos bairros da capital, uma agulha no palheiro de uma cidade que já não tem miúdos na rua aos pulos.

 

Mas, como sempre, do nada surge a luz. Fernando Peça. O jardim chama-se Fernando Peça, esse saudoso jornalista, um profissional que, como poucos, soube honrar a classe. E tem um ringue o jardim, acabado de remodelar, bem tratadinho, com dois cestos de basquetebol! Num quarteirão entalado entre a Av. João XXI e a Av. de Madrid, um campo de basquetebol à séria! Aproximo-me encantado, chego-me ao cesto, observo-o. Mas, mas parece que permaneço afastado, que estranha sensação de vertigem. Não, é a realidade, e esta, cruel como só ela sabe ser, devolve-me à desilusão de viver numa cidade, num país em que o fácil tem tendência para se tornar difícil, por vezes mesmo impossível. Conseguiram, era difícil mas conseguiram. Não satisfeitos com a modesta altura que deve ter um cesto de basquetebol (3,05m), alguém conseguiu colocar o cesto a mais de 3,70m. Ah, e está soldada a coisa, que é para não se lembrarem de estragar (ou de arranjar…). Será a estupidez um defeito de fabrico? Ou aprenderam essa nobre arte com a experiência?

 

p.s. – Um obrigado ao amigo Renato pelas fotografias! 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:44

NBA action e o inevitável saudosismo

Segunda-feira, 07.06.10

 

Entre 1993 e 1998, gloriosos anos de afincada frequência de um curso universitário (poderia ter escrito “estudo universitário”, mas o pudor que ainda me resta desaconselhou essa presunçosa formulação) que prometeram me prepararia para a vida (em permanente e duvidosa avaliação), foram inúmeras as noitadas em que os olhos teimavam em fechar-se mas em que a vontade de nunca desistir os mantinha aberto. Estranhamente, não falo da vontade indomável de devorar livros de leis e costumes, mas sim da necessidade absoluta em assistir às finais da NBA em que os Lakers e o Celtics de Boston geralmente marcavam presença. Nesses saudosos tempos, Larry Bird, Magic Johnson, Kareem Abdul-Jabar e outros que tais, seguravam-me as pestanas com a força de um palito de aço. Hoje, pouco conheço das melhores vedetas do melhor basquetebol do mundo. Ainda assim, pelo que vejo, os duelos entre Lakers e Celtics continuam hot hot hot. Ora ainda bem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:50

Entre Magic Johnson e Kobe Bryant os Lakers têm ainda uma história por contar

Terça-feira, 05.01.10

"Research your idea. See if there's a demand. A lot of people have great ideas, but they don't know if there's a need for it. You also have to research your competition."

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 "I'll do whatever it takes to win games, whether it's sitting on a bench waving a towel, handing a cup of water to a teammate, or hitting the game-winning shot."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:10

Da série a arte está em todo o lado - Michael Air Jordan

Sábado, 04.07.09

 

 

Para distrair dos momentos pré-parto, da ansiedade que me envolve como um colete de forças, relembro idades de maior descontracção, tempos em que a vida flutuava levemente. As madrugadas a assistir aos jogos da NBA, o prazer que era voar nas asas de Michael Air Jordan. Prazeres distintamente intensos, bem mais profícuo este que agora vivo.

 

Enquanto as contracções não dão tréguas à doce lutadora e o Miguel não sai para este mundo sem líquido protector, vou largando por aqui flashes da arte de Michael Jordan. Ah, e as suas palavras também podem ser consideradas arte, porque inspiram e ensinam a voar.

 

p.s. - Comecei a escrever este post umas horas antes do nascimento do Miguel. Só hoje consegui terminá-lo, vá-se lá imaginar quem foi o anjinho que adiou a publicação do mesmo. Deixa lá miúdo, daqui a uns 20 anos, quando fores o novo Cristiano Ronaldo, pagas-me com juros.

 

  

  

 “I've missed more than 9000 shots in my career. I've lost almost 300 games. 26 times, I've been trusted to take the game winning shot and missed. I've failed over and over and over again in my life. And that is why I succeed.”

   

 

 

“There are plenty of teams in every sport that have great players and
never win titles. Most of the time, those players aren't willing to
sacrifice for the greater good of the team. The funny thing is, in
the end, their unwillingness to sacrifice only makes individual
goals more difficult to achieve. One thing I believe to the fullest
is that if you think and achieve as a team, the individual accolades
will take care of themselves. Talent wins games, but teamwork and
intelligence win championships.”

  

 

 

“I can accept failure, everyone fails at something. But I can't accept not trying.”
 
“You have to expect things of yourself before you can do them.”

 

 

 

 

“If you accept the expectations of others, especially negative ones, then you never will change the outcome.”

 

“The game is my wife. It demands loyalty and responsibility, and it gives me back fulfillment and peace.”

 

 

 

 

 

 

“To be successful you have to be selfish, or else you never achieve. And once you get to your highest level, then you have to be unselfish. Stay reachable. Stay in touch. Don't isolate.”

 

 

 

“I know fear is an obstacle for some people, but it is an illusion to me . . . Failure always made me try harder next time.”

 

“I never looked at the consequences of missing a big shot . . . when you think about the consequences you always think of a negative result.”

 

“People ask me if I could fly, I said, "yeah.... for a little while."”

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:49





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog  


Posts mais comentados