Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Saudades tuas, Dieguito

Quinta-feira, 12.12.13

 

Esta bandeira ontem envergada no Estádio de San Paolo, em Nápoles, explicava ao mundo em geral e aos napolitanos em particular um simples facto que muito boa gente teima em desconhecer: que um clube que teve o privilégio de beber o melhor futebol do melhor jogador de futebol de todos os tempos, que fez dele o seu símbolo, jamais voltará a ser, depois desse mítico desfile pelo seu relvado, um clube vitorioso, um clube de topo, que esmague inequivocamente os opositores internos e externos. Ontem o Nápoles viu-se eliminado nos últimos minutos do seu jogo contra o Arsenal, porque apesar da vitória por 2-0, viu o Borussia de Dortmund vencer, nos tais últimos minutos, o Marselha por 2-1. Nunca uma equipa fora eliminada da fase de grupos da Liga dos Campeões com 12 pontos (os mesmos que tinha o Arsenal e o Borussia). A Camorra não devia andar distraída, Maradona devia ser eterno.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:02

25 anos depois, a devida vénia ao maior dos génios

Quinta-feira, 23.06.11

 

 

Celebraram-se ontem os 25 anos do melhor golo do mundo. Lembrou-mo o meu amigo “Criança”, futuro emigrante deste país, mais um cérebro perdido pela interminável diáspora lusitana. Lembrou-mo ele que se terá lembrado a partir desta emocionante recordação do El Pais. Pouco tenho a acrescentar a esta pérola. Poderia dizer que se o futebol alguma vez atingiu um estado próximo da perfeição, foi nesses 10,6 segundos, que se alguma vez o futebol se aproximou da justiça divina foi nesses 52 metros de uma passadeira vermelha de sonho, nesses 44 passos de um Deus com pés de barro, nesses 12 toques divinos. Pouco mais tenho a dizer. Obrigado “Criança”, obrigado Dieguito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:32

O melhor jogador de todos os tempos realiza um sonho de infância

Quinta-feira, 20.01.11

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:49

Ela anda por aí

Sábado, 18.12.10

Manu Chao, Kusturica e Dieguito. A existir, a perfeição andará pelos meandros das suas artes.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:53

La mano de Dios by Kusturica

Quinta-feira, 12.08.10

É impossível não se gostar de um homem que é todo ele coração e que vive mergulhado num constante estado de emoção, com o sangue em sulfurosa ebulição. Olhando para trás, há que reconhecer que ao último mundial faltaria muito sal, pimenta e vida sem Maradona. No futebol, como na vida, uma pedrada no charco é essencial. As águas devem mover-se para não estagnarem e não nos afogarmos no pântano da confortável modorra. Diego, de mão dada com Deus, agita a varinha e agita-nos a vida. Como se quer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 12:19

O sonhador e a chanceler

Sábado, 03.07.10

 

 

Dieguito, o homem que acreditámos devolveria a fantasia e o sonho ao futebol, afundou-se no seu conceito de futebol. Para ele, o futebol são os seus artistas. A táctica, a organização e o sistema de jogo é conversa de quem procura disfarçar a ausência de artesãos da bola. Por isso Maradona jogou com 4 defesas, um médio de raiz e 5 avançados. Porque só o golo lhe interessa, o caminho para lá chegar é uma perda de tempo, um aborrecimento inútil para si e os espectadores. A Alemanha personificou o futebol total, táctica, técnica, velocidade, poder físico, remate letal. Os alemães renovaram toda uma selecção de forma perfeita, construindo todo o seu futebol em torno daquela que deve ser a grande vedeta: a equipa.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:19

Loucura à flor da relva

Quinta-feira, 17.06.10

 

Em termos racionais, é difícil fugir à evidência de que a Alemanha se assumiu, até agora, como a selecção mais forte, com futebol mais eficaz e bem oleado. Fugindo às perspectivas cerebrais dos intelectualóides da bola, ver jogar a Argentina de Maradona é assistir a um grupo de adultos com espírito de criança que ainda joga à bola pelos pelados lá do bairro. O fio de jogo e as tácticas intensamente treinadas pouco interessam àquele punhado de artistas, e, por maioria de razão, muito menos dizem ao seu alucinado e sonhador treinador. Creio que os jogadores sabem bem que estão entregues a um louco, mas também acredito que lhes dá gozo vencer assim, pela arte e pela paixão, pelo suor e pela força que lhes vem do amor pela sua bandeira.

 

Maradona será sempre o protótipo do anti-treinador, profissional que actualmente é visto como um gestor de homens, um estudioso dos ritmos cardíacos das máquinas humanas que comanda, um especialista em sensibilidades de vedetas. Maradona escolhe os seus homens por feeling, pela raça, pela arte que lhes brota das chuteiras. Marimba-se para os consensos dos analistas, improvisa como fazia em campo. Nunca abandonou realmente o relvado. Nunca o fará. E é assim que deseja que os seus rapazes vençam, pela arte, pelo sangue e a raça, contra os esquemas cerebrais que abomina. Boa sorte, Dieguito.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:32

Maradona, de génio e de louco ele não tem pouco

Domingo, 13.06.10

Vejam como Maradona castiga nos treinos a equipa que perde. Eu jogava algo parecido na minha adolescência, chamava-se jogar à parede e assisti a algumas lesões durante o bombardeamento. Pode ser que alguém acerte no jovem Di Maria...ah, Dieguito, tens uma criança denttro de ti e isso é giro à brava!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:56

Dieguito´s playground

Sábado, 12.06.10

 

 

Afinal, a Argentina não foi uma manta de retalhos pintalgada por vedetas, sem qualquer sentido táctico devido à anárquica gestão de um louco Maradona. Aliás, viu-se organização, a defesa tem qualidade e, não nos iludamos, não fora um guarda-redes protegido por um qualquer espírito da imortalidade das balizas e Messi seria já o melhor marcador do Mundial. Pelo que vi até agora, candidatos serão a Argentina e, confirmando o que já sabemos, nuestros hermanos. Força Dieguito, depois de Portugal, torço por ti e pela tua saudável loucura.

 

 

 

p.s. - Ou os colegas de Di Maria não querem mais vedetas na equipa, daí não lhe passarem a bola, ou, das poucas vezes que a teve, Di Maria fez questão em fazer um favor ao Real Madrid contribuindo para baixar o valor do seu passe. Fraca exibição, Di.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:55

La mano de Dios Diego

Terça-feira, 22.12.09

 

 

O engenho e a manha do futebol de rua. A arte de enganar. A convicção de que se está acima de tudo, de todos, das regras. A arrogância indissociável da genialidade. A elegância de um animal selvagem. A filha da putice de um delinquentezinho de rua. A coragem de cuspir na cara de toda uma nação. Ah, e depois apareceram os alemães, os anjos vingadores... Mas não, nem eles pararam El Dieguito, o melhor de sempre, o melhor de todos. Paciência, Pélé.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:16





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog